Toda Garota sonha com seu (anti)herói

13:49


Devo dizer que não sou bem esse tipo de garota. Geralmente sempre tomo partido da cara que aparece primeiro na estória. Mas pra ser bem sincera sempre escolho o que o escritor quer que eu escolha. Eles sempre pintam, ou bons, ou maus, os protagonistas ou antagonistas de maneira que podemos amá-los, odiá-los, desprezá-los.

A primeira vez que li sobre essa série achei a capa tão feia que nem cogitei a possibilidade de lê-la. Não tenho ideia, aliás do porque a li, só me lembro de pensar no momento em que Warner aparece no livro "nossa é ele sem dúvida". Claro que minha convicção oscilou um pouco, como já disse, a autora nos faz amar e odiar quem ela bem entende, e na maior parte de Estilhaça-me eu tomei partido de Adam. Mas, bom, lá pelas  ultimas páginas, depois de Juliette fazer algo bem desaprovador contra o lindo do Aaron, eu já estava achando nosso querido Adam um pouco lerdo e chato. Então decidi ficar em cima do muro, disse que ia escolher nas sequências o meu favorito.

E então veio Destrua-me que acabou com qualquer chance que o Adam tinha. Sabendo de alguns segredos de Aaron entendemos melhor os seus sentimentos em relação a nossa Juliette e vemos como ele é um personagem completo, complexo e cativante.

Agora em Liberta-me tudo fica incrivelmente claro, em relação ao triangulo amoroso. Observando os outros aspectos do livro a coisa fica um tanto decepcionante. É o tradicional chove, não molha, morre não morre. E eu sinceramente quase entrei no livro e dei um tiro na nossa heroína. Eu havia dito que ela era diferente das outras mocinhas, mas me decepcionei. Ela chora o tempo todo. Ela não se decide. E eu realmente, realmente estou muito sem paciência para personagens que só descobrem que amam o cara perfeito na ultima linha, da ultima página, do ultimo livro.


No (famoso) capítulo 62 eu não consegui refrear minha esperança e acreditei que finalmente algum autor iria ter o bom senso de parar de nos torturar com triângulos amorosos intermináveis mas, claro, Mafi destroçou meus sonhos de Team Aaron. Enfim espero sinceramente que o próximo volume vala o tempo dedicado. No mais eu gostei do livro, quatro estrelas porque o Aaron é incrível e porque eu realmente tenho um tombo por super heróis.


Continue a nadar!

1 comentários

  1. Ainda estou no começo do livro e estou achando bem cansativo. Ouvi muita gente falando que é meio lenga e tals, mas vou com fé. Rsrsrs
    Estou começando a achar que triângulos amorosos são a grande praga da literatura do século XXI, principalmente em livros para jovens. Mas também acho que é questão de tempo pra que isso mude.

    Adorei seu layout!
    Bj

    entrereaiseutopias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir