Diário de bordo

02:45

Faz frio e há grandes indícios de tempestades a caminho...
TODOS A BORDO, grita o capitão
mas não há tripulação para ouvir.

Nesse convés já houve música 
casais já valsaram sobre esse chão
mas aquele furacão levou tudo embora 
só sobrou esse resto do timão.

As ondas invadem pelas bordas 
numa intensa confusão.
Pra onde fica o norte?
Não existe mais nenhuma direção.

O barco está afundando 
foi rachado no meio 
o mar está revoltado pelo lixo que caí sobre ele 
mas não há quem possa impedir
a fúria do fim
não há ninguém pra chorar 
por esse náufrago em alto mar.

As pessoas nem se lembram
das valsas dançadas 
naquele convéns. 
E nem se importam 
com as embarcações 
que afundam a cada dia,
com sonhos que morrem no fundo do mar.

Continue a nadar!

0 comentários