Cada vez que eu digo não pra vida morro um pouco.

23:04

Minha vida está constantemente em estado de espera. Parece que os dias nunca passam porque eu sempre termino eles aqui, sozinha. Mas eles passam, e assim minha vida com eles. Eu sei que preciso mudar, preciso voltar a viver mas é tão difícil.

Eu me lembro quando escrever ajudava por isso criei esse refúgio, com esperança de que não só eu, mas outras almas cansadas pudessem se esconder, desabafar, mas eu nunca fui uma líder, eu nunca disse nada que as pessoas quisessem ouvir. Então até aqui eu estou sozinha. 
E já nem sei mais o que escrever.

Mas eu não vou sofrer, não hoje, vou apenas escrever e dizer sim para o que a vida tiver pra mim.
Eu não posso mais continuar assim, mesmo que a mudança não seja fácil, continuar morrendo aos poucos é pior.

Continue a nadar!

0 comentários