Sobre não desistir do que amamos

09:08

Eu sempre amei blogs, não vou dizer que escolher uma faculdade de Jornalismo foi apenas por isso mas desde 2010 quando criei o meu primeiro com amigas que eu nem encontro mais, posso dizer que minha "veia" Jornalística tomou força. Desde aquela época eu já sabia que queria escrever sobre pessoas para pessoas. Eu já tive blog de moda, tenho um blog só de textos meus, já tive sobre fotografia e claro, literário, mais nenhum durou tanta quanto o A vida é poema.

Eu nem posso dizer porque realmente acabou. Eu estava animada, havia comprado um domínio (que fui incapaz de configurar no blogger) e até mudei de plataforma porque achei que minha vida ficaria mais fácil. Não ficou, acho que postar daqui já faz parte desse ritual que dura tantos anos.

Mas o ponto é: não vou desistir. Tanta coisa aconteceu em seis meses. Doei todos os meus livros (SIM ALOCA), recebi meu diploma do curso básico de programas como photoshop, corel etc (eu meio que aprendi o que sei sozinha mas ok), assisti a muuuitos filmes e séries, comecei a ler HQ, parei de ler HQ, desativei meu flickr, reativei meu flickr, sobrevivi ao terceiro período e atualmente estou tentando sobreviver ao quarto e ao mês de novembro onde eu tenho 24920473824 casamentos para ir (aja vestido!).

Para mim a vida continua sendo poema mais acho que o que não mudei em três anos acabei por mudar nesses seis meses. O ponto é: quero voltar com o blog. Escrever dessa maneira faz parte de quem eu sou e, sinto falta disso. Durante boa parte da vida desse blog eu não me dediquei realmente a ele. Estive muito tempo escrevendo pra mim mesma. Mas acho que perdi o medo de pensar no que quem eu conheço irá dizer sobre o que eu posto.

Ainda vai demorar um tempo para isso aqui se normalizar mas quero escrever durante o processo de recriação do meu espaço. Tenho tanta coisa para contar... afinal seis meses é muito tempo.

Estou feliz por estar mais uma vez em casa.

Continue a nadar!

0 comentários