O Quarto erro

02:58

Ontem eu te vi e não senti nada. Nem uma espécie de carinho ou rancor. Eu te vi e nem pude lembrar de quem você era. De quem eu era quando estava com você.

Você foi o meu erro que causou menos estragos. Eu ri muito estando ao seu lado mas não senti falta disso quando se acabou. Você era tudo que eu queria mas o que eu quero é sempre errado, torto, sempre escolho o que não faz bem.

O que eu mais sinto falta é de suas mentiras. Como eu amava ouvir suas estórias como se elas fossem verdades. Você faz isso tão bem. Eu lembro que você era o meu grande talvez. Durante todo aquele inverno você foi parte do meu futuro. Hoje você quase que nem vive no meu passado. Amores de inverno não são feitos pra se tornarem romances de livros.

Você tornava tudo muito fácil para mim. Nunca teria dado certo.

Você foi de longe o meu erro mais divertido. Minha paixão mais escancarada. Minha mentira mais bem contada. 

Eu vou te esquecer. Tenho certeza que logo não vou mais lembrar o seu nome mas você conquistou seu lugar. Você foi o quarto garoto que fez meu coração disparar. Você foi um desses erros estúpidos e lindos que passam e acabam sem aviso e que nunca, de forma nenhuma, irá retornar.

Adeus número quatro...

Continue a nadar!

0 comentários