O Quinto Erro

03:27

O que dizer sobre o número cinco? Dizer que pensei que finalmente havia acertado? Dizer que me sinto boba quando penso nele?

Ele sempre tomou todas as minhas palavras...

Ele era tudo que eu esperava de alguém. 
Quando ele estava perto eu me sentia completamente pequena. Era intimidante simplesmente olhar para ele e isso me leva à conclusão de que me apaixonei apenas pela impossibilidade. Me apaixonei porque nunca daria certo, nunca aconteceria. Me apaixonei porque sabia que era mais fácil amar alguém impossível que nunca teria a chance de partir meu coração. 

E realmente, ele nunca me magoou, não tenho nenhuma lembrança ruim relacionada aquele garoto. A lembrança mais nítida é a do ultimo abraço, aquele em que eu disse que desejava a ele uma boa vida.

É estranho ter tão pouco a dizer sobre alguém que ocupou durante muito tempo os meus pensamentos. 

Ele foi meu maior erro porque deveria ser algo certo.
Deveríamos ter nos conhecido de verdade. Eu deveria ter desenhado o rosto dele enquanto ele tocava gaita. Ele deveria ter me aturado durante minhas crises e eu deveria ter ouvido as reclamações que ele tinha do trabalho. 
Nós deveríamos ter uma vida, um futuro. 

Mas ele foi só uma possibilidade. Mais um número. 

Número Cinco, você virou estatística. Errei ao pensar que daria certo. 
Uma vez eu disse que você sempre seria bem vindo para tentarmos a sorte que é o amor. 
Eu menti. 
Estou cansada de ilusões, invenções, criações e você, infelizmente é o que se enquadra em todas essas categorias.
A minha porta está fechada e meu coração também (para você).

Continue a nadar!

0 comentários