Eu vejo o futuro. Não parece bom.

05:10

Estou adiando minha soneca da madrugada porque esse texto precisa ser escrito. 
Eu preciso dizer que me sinto triste, decepcionada com o mundo. 
Tantos talentos já foram silenciados, tantas vidas que foram levadas tão cedo. E nós, um bando de hipócritas sem nenhuma utilidade continuamos aqui propagando os silêncios desmedidos que alimentam mais mortes não justificadas.

O que posso dizer? 
Dizer que quero uma segunda chance para a humanidade? 
Ela, obviamente, não será concedida.
Dizer que não acredito em causas perdidas? 
Isso seria uma grande hipocrisia.

Há coisas estranhas acontecendo e eu só queria que os meus poetas ainda pudessem me consolar com ilusões bem elaboradas. Mas, eles estão mortos.
As vezes penso que todos estamos.

Continue a nadar!

0 comentários