Não me venha com spoilers, hoje estou com sono

02:18

Eu tenho uma estranha mania de questionar o processo de cada coisa. Às vezes perco o sono porque fico pensando... como isso acontece, como a inconsciência me domina? Não com facilidade. Os meus blogs são frutos da sonolência. Meus melhores textos, minhas criações mais originais, eu sou mais produtiva quando estou cansada. Agora mesmo, escrevendo esse texto, não consigo me concentrar na tarefa do momento, minha cabeça está cheia de pensamentos relacionados a prazos finais e de ideias que não tem relação com os projetos que precisam ser finalizados. 

Em alguns momentos sinto que me saboto de propósito. Como quando alguém me elogia e eu repondo: "Mas já viu essa minha pele? Um desastre menina!". Qual é o meu problema com dizer apenas obrigada, deitar no travesseiro e dormir oito horas saudáveis de sono, fazer o que precisa ser feito sem adiamentos, sem procrastinação. Mas faz parte de quem sou, eu só queria mais tempo, e se eu tivesse provavelmente desperdiçaria... então okay universo, o problema é comigo, não vou culpar o relógio por isso. 

Outra coisa que eu faço muito é quebrar as minhas próprias regras. Vivo falando, Ana não beba refrigerante, não coma essa bolachinha as cinco da manhã, não... fica longe desse brigadeiro, vai fazer um exercício. Mas gente, eu sou muito desobediente, dá para ver nesses meus mais novos quilinhos extras. 

A única regra que não quebro é a anti spoiler. Nem trailer assisto mais para evitar essas mensagens malignas. Pena que não depende só de mim, as pessoas vivem "sussurrando" o final de Friends, como se todo mundo já soubesse de cor o ultimo episódio. Não mundo, não é assim que funciona, eu não me lembro de nada dos anos noventa, o que é completamente compreensível para uma garota que na época era menina. 

A verdade é que eu deveria estar estudando, mas eu gosto mais de escrever. Gosto mesmo, claro que o que eu preciso escrever ainda está na lista de tarefas (prometo parar de deixar para depois... amanhã). Enfim, acho que só prometo mesmo é quebrar as regras, no blog, na vida, exceto quando o assunto for saber o que acontece. Não me conte! Um dia, talvez, quem sabe, eu saio da segunda temporada de Friends. 


Continue a nadar!

0 comentários