O que peço antes de dormir

23:30

Eu quis tanto uma espécie de resposta. Sempre fui a pessoa que fazia as perguntas, mas meus questionamentos deixaram de ser apenas um escudo para se tornarem uma espécie de salvação. A minha fé é baseada na dúvida, na incerteza, na insegurança, que surgem no meu coração e encontram respostas no mestre que sempre me responde de formas contestáveis para serem comprovadas logo depois. A confiança é ter intimidade para fazer todo tipo de pergunta. Pelo menos para mim.

É por isso que minhas crises não são um segredo. É por isso que quando me vejo rodeada de casais, não consigo evitar questionar o que existe de errado em mim. Porque o erro é sempre de dentro para fora. O mal da sociedade começa na gente que não ficamos indignados com piadas racistas, que jogamos lixo no chão sem pensar nos bueiros que irão transbordar no verão chuvoso.

Mas, a cada dia é uma nova certeza de que a solidão não é passageira. Faço planos de sucesso megalomaníacos, apenas para ser rejeitada em mais um email de trabalho rumo aos sonhos que nunca chega. Então coloco bem alto qualquer hip hop dos anos noventa para não ter que pensar. Girls you know you'd better watch out!

E ligada na imagem do espelho eu consigo ver. Melhor do que ninguém, posso apontar cada falha que me prende na exclusão do meu quarto. Eu tenho medo de ter alguém ao meu lado, e estou sempre aterrorizada de ter que viver toda a vida sozinha.

Eu quero conquistar o mundo. Quero fazer algo mais do que apenas me manter sentada oito horas por dia. Mas, antes de dormir, sempre peço por alguém que tenha coragem de enfrentar o fosso, o dragão e o jardim de espinhos que construí ao redor do meu coração. Eu não preciso de ninguém, mas quero uma mão segurando a minha quando as coisas ficarem difíceis demais.

Quero uma mão que não se intimide pelas minhas fortes opiniões. Alguém que não venha com merdas do tipo: "Deus nunca escolheu uma mulher para liderar" (BULLSHIT). Alguém que vai me ajudar a cada mês quando aquela vontade incontrolável de mudar os móveis de lugar chegar.

Eu sei que existe algo de errado em mim. Eu quero alguém que também saiba disso. Quero alguém que também seja errado em certo nível. E, acima de tudo, quero alguém que permaneça. Mesmo sendo utópico, quero alguém que ao menos tenha a intenção de ficar.

Continue a nadar!

0 comentários