O fantástico mundo dos kdramas

22:49


É STRONG WOMAN @ NETFLIX 
Olá, terráqueo! Mais uma vez vamos falar sobre aquele país que anda tão em alta, a famigerada @ Coreia do Sul que, com alguns anos de investimento, despontou como uma gigante na industria do entretenimento.

Já confessei meu amor ao kpop, mas hoje vou tirar um momento para falar sobre o meu vício nos kdramas, produções audiovisuais que preencheram muitas das minhas horas neste 2017. Tudo começou com uma releitura meio bizarra de 50 tons que envolvia uma veterinária e não contava com cenas picantes. O drama assistido pela Netflix, me pareceu a fanfic da fanfic e não me cativou imediatamente.

Mas, então veio minha amiga Letícia me guiar por este mundo de possibilidades ilimitadas. Finalmente me apaixonei por um drama que envolvia relacionamentos familiares, o dia a dia de jornalistas e... ROMANCE. Pinocchio foi o primeiro amor que me jogou de vez nessa vida de dormeira em um nível no qual paguei a assinatura anual do Dramafever para, assim, deixar garantido um ano de lágrimas, gritos, e muitos sorrisos proporcionados por essas histórias tão bem contadas.
Pinocchio, primeiro shipp coreano a gente não esquece <3
E sim, têm muitos dramas ruins. Às vezes paro o vídeo e fico pensado: "por que SENHOR eu estou assistindo isso?". Mas, existe cada coisa boa! Depois de Pinocchio veio W, com o mesmo ator de protagonista (meu favorito), e segui um caminho mesclando dramas clássicos e as novidades indicadas pelas amigas já iniciadas.

Posso destacar o maravilhoso Moon Lovers, que traz uma visão completamente diferente da ocidental de trama histórica, e que me fez chorar como se o mundo estivesse acabado. O divertidíssimo Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, que me ensinou a chegar no crush e perguntar: "por acaso você gosta do Messi?". A empoderadíssima Strong Woman Do Bong Soon, que chuta bundas e é a pessoas mais fofa deste universinho. E claro, Goblin, que deu um show de roteiro, fotografia e atuações, e que estou inclusive reassistindo no momento.

2017 foi um ano de deixar preconceitos de lado e buscar novas possibilidades. Espero que minha vida continue sendo uma descoberta constante de novas histórias (e novos casais de todos os tipos, formas, cores e nacionalidades para shippar) e que você, querido leitor, possa dar uma chance para cada uma das obras citadas aqui. Eu garanto, todas passam uma mensagem e sem dúvidas é uma excelente forma de investir seu tempo livre.

Continue a nadar!

0 comentários