Dez anos

23:12

Daqui um mês faço vinte três. De todas as previsões para o fim do mundo, a mais confiável nos dá mais dez anos. Quando recebi essa informação, achei tão pouco tempo. Mas, daqui a um mês vou fazer vinte e três, há dez anos eu tinha treze e isso parece parte de outra vida.

Dez anos não é pouca coisa. Com treze eu ainda não tinha menstruado, me apaixonado, lido Crepúsculo, pintado o cabelo. Nesses dez anos eu passei por cólicas, paixões literárias, cabelo azul e frustrações sentimentais. E eu deixei de ser uma menina, eu nem lembro mais como era ser aquela Ana Paula de lá.

Nesses próximos dez anos, o mundo acabando ou não, eu quero crescer mais. Quero voltar ao meu cabelo longo e natural (por mais impossível que isso pareça). Quero que meus livros vendam tanto quanto Crepúsculo. Quero me apaixonar sem medo, sem as inseguranças da imaturidade.

Faz tanto tempo que não escrevo por aqui que nem sei se consegui ser coerente. Mas, eu queria passar e dizer que o mundo ainda não acabou. A gente ainda tem tempo.

Continue a nadar!

0 comentários